Criatividade É Um Estado Emocional

Criar a vida que queremos requer visão.

Não somente a habilidade de imaginação, mas também a habilidade de visualizar potenciais oportunidades que acontecem ao nosso redor e podem contribuir para construção de nosso caminho futuro.

Neste sentido, criatividade é a habilidade de formar nosso cérebro a partir das situações e relações às quais nos expomos, modelando nosso futuro por meio de escolhas pró-ativas.

Criatividade é liberdade, cria a possibilidade de nos direcionarmos para a vida que desejamos, desenharmos nossos caminhos e fazer uso de maneiras diferentes para alcançar nossos objetivos.

Criatividade pode ser vista como a habilidade de formar nosso cérebro de acordo com as situações e relações às quais nos expomos.

O espaço de criatividade em nós é aquele em que ideias brotam de maneiras inesperadas.

Combinações e associações são feitas de maneira a criar novas possibilidades.

Criatividade é um estado emocional, uma forma corporal que evoca invenção, imaginação, improvisação e reflexão.

Ao pensar a criatividade como uma experiência humana, com ação, pensamento e emoção acontecendo ao mesmo tempo, abrimos o campo de nossa percepção para que os desafios apresentem suas possibilidades de resolução e diferentes interpretações.

Criatividade é um estado emocional

Desenvolver nossa criatividade exige uma certa confiança criativa, conceito defendido por David Kelley e que envolve a segurança em expressar nossas ideias e interpretações sobre determinado assunto.

Tendemos a pensar criatividade como um talento inato.

No entanto, assim como Thomas Edson definiu genialidade como 10% inspiração e 90% transpiração, a criatividade exige esforço, resiliência, autoconhecimento e a capacidade de perceber as oportunidades que surgem.

Isso acontece quando podemos estar presentes em nossa experiência, aprendendo a fazer escolhas sobre como nos usamos.

A neurociência tem se perguntado o que caracteriza uma mente criativa.

Estudos de Harvard identificaram um padrão de conexão cerebral que está associado à criação de ideias.

Pensadores com ideias originais, quando se debruçaram sobre determinado problema e pensavam em soluções originais, mostraram forte conexão entre três áreas cerebrais (devaneio, pensamento focado e atenção seletiva).

Estas áreas podem ser treinadas ao nos oferecer tempo e espaço para pensar sem distrações.

Na metodologia Zensciencia facilitamos o encontro da experiência da confiança criativa através da auto influência emocional, construindo espaço interno para o desdobramento da experiência criativa.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Entre em contato.

©2020 by Daniela de Oliveira.

Powered by MGS